You are here

27 de Agosto de 2015

Report: notícias

SB Rio 2015: o encerramento

Projetos de mobilização da sociedade civil, novas formas de viver a cidade e adesão de empresas do setor privado a compromissos voluntários foram temas de destaque do terceiro e último dia da conferência internacional Sustainable Brands Rio 2015. Combinando debates dos dias anteriores, a programação contou com workshops, discussões no Activation Hub e a plenária “Como conectar com as necessidades da sociedade”.

No total, mais de 500 pessoas, representando empresas, ONGs, academia, mídia e sociedade civil, compareceram ao evento, cujo tema central – “How now: como a inovação em sustentabilidade está transformando os negócios agora” – estimulou não apenas debates sobre desafios e perspectivas, mas também a apresentação de iniciativas atuais que exemplificam o potencial de transformação das atividades empresariais.

Na plenária, representantes das organizações Novos Urbanos, Instituto Pereira Passos, Grupo Pão de Açúcar, The Nature Conservancy, Benfeitoria, Play the Call, Treebos e Patagonia apresentaram modelos de ação que conversam com necessidades atuais, em eixos como a nova economia, a mobilização para causas sociais.

Os workshops, por sua vez, voltaram atenções às formas de modificar o posicionamento e a atuação das organizações. Um deles, “Quero ser B!”, foi organizado pelo Sistema B – rede global que reúne empresas comprometidas, do estatuto à estrutura de gestão, com o crescimento aliado ao bem-estar social, econômico e ambiental – e trouxe informações e exemplos sobre o processo de certificação das empresas. Já a Aoka Labs Liderança Sistêmica comandou o workshop “Como liderar a transformação em sistemas complexos?”.

No Activation Hub, parceiros e apoiadores do SB Rio 2015 continuaram a troca de experiências, por meio de palestras seguidas de debates abertos com o público. A Basf e o Pacto Global, por exemplo, convidaram para um debate sobre os recém-criados Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), evolução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Já o Viva Bairro, iniciativa multisetorial de desenvolvimento de comunidades urbanas realizada pelo Extra, pelo Aoka Labs e pelo Instituto Aromeiazero, apresentou o experimento realizado em 2015 em cinco localidades em São Paulo e no Rio de Janeiro, demonstrando como movimentos em rede podem contribuir para a concretização de melhorias nos bairros. “Experimentações coletivas como essa provam que é possível obter êxito unindo empresas e sociedade civil em torno de interesses comuns”, disse Eduardo da Rocha e Souza, do Grupo Pão de Açúcar.

SBio

No Sustainable Brands Innovation Open (SBio), competição de startups que ocorre pela segunda vez dentro da programação do SB Rio, os quatro finalistas selecionados pelos jurados foram anunciados na plenária de encerramento, hoje pela manhã: Clube Orgânico, Risu, Insolar, Scicrop. Após as defesas de projetos, foi anunciada a vencedora do júri: Scicrop. Já o público da plenária elegeu, com 48% dos votos, o Clube Orgânico.

Millennials Lab

A contribuição de 30 jovens de 18 a 24 anos para as discussões da SB Rio 2015 também foi apresentada na plenária de encerramento da conferência. Por meio do Millennials Lab, os temas debatidos nos workshops, sessões e plenárias foram discutidos e examinados pelos jovens, que fizeram uma apresentação crítica durante a plenária “Como conectar com as necessidades da sociedade”. Executado pela primeira vez nesta edição da conferência, o programa é uma parceria entre a Coca-Cola, a The Mob e a Report.

 
 
 
 
26 de Agosto de 2015

Report: notícias

SB Rio 15 em detalhes: 2º dia

A conferência internacional Sustainable Brands Rio 2015 abriu espaço, no segundo dia de programação, para debates sintonizados aos temas críticos da atualidade – como mobilidade urbana, intraempreendedorismo, crise hídrica, gestão de resíduos e engajamento por marcas. No total, mais de 400 pessoas participaram do evento e de suas atividades até o fim da quarta, incluindo workshops, sessões de diálogo, plenárias temáticas e o Activation Hub – espaço aberto ao debate entre palestrantes e o público.

Etapa central da programação, as plenárias “Como Redesenhar a Produção e os Mercados” e “Como as Marcas Podem Engajar as Pessoas” reuniram 17 representantes de empresas, consultorias e organizações para discutir experimentos bem-sucedidos de inovação nos negócios, incluindo produtos e serviços voltados à ecoeficiência e ações de relacionamento com o consumidor.

Investimento em veículos elétricos, biotecnologia aplicada à indústria de alimentos, projetos de ciclo fechado na produção industrial e ações de sensibilização de consumidores foram alguns dos cases apresentados. “Essas iniciativas são exemplos de como a inovação em sustentabilidade está transformando os negócios agora, em conexão direta com o tema da conferência – How Now”, afirma Alvaro Almeida, sócio-diretor da Report.

Mais uma vez, os workshops reuniram os participantes para discutir casos práticos relacionados a negócios sociais, inovação disruptiva, redução de desperdícios e conexão entre marcas e causas. Já no Activation Hub, empresas como Edelman Significa, AES Brasil, Dow Brasil e Sinctronics convidaram o público para discutir cases e temas desafiadores relacionados à inovação socioambiental.

A quarta-feira também contou com atividades paralelas, incluindo uma sessão de mindfulness, em parceria com a Assertiva Mindfulness, no lounge Report Sustentabilidade; uma palestra sobre intraempreendedorismo, coordenada pela League of Intrapreneurs e pela BMW Foundation; atividades do Millenials Lab, projeto que reúne jovens entre 18 e 24 anos para debater sua percepção sobre os temas apresentados na conferência; e o Sustainable Brands Innovation Open (SBio), concurso de startups que ocorre pelo segundo ano consecutivo.

A SB Rio 2015 acontece até amanhã, 27 de agosto, no Windsor Barra, na zona oeste do Rio de Janeiro. A programação do último dia inclui mais dois workshops, sessão de mindfulness, duas sessões do Activation Hub e a plenária de encerramento “Como conectar com as necessidades da sociedade” – na qual, além das apresentações de líderes, pesquisadores e empreendedores, serão anunciados os vencedores do SBio e os resultados do Millenials Lab.

Confira a programação completa aqui.

 
 
 
 
25 de Agosto de 2015

Report: notícias

Uma geral da SB Rio 2015: 1º dia

O primeiro dia da conferência internacional Sustainable Brands Rio 2015 foi marcado por debates que enfatizaram como transparência, capacidade de mobilização, inovação em cadeia, empreendedorismo e novos modelos de consumo e produção podem se tornar vetores de estímulo para a adoção de práticas mais sustentáveis no mundo dos negócios.

Com participação de representantes de empresas, organizações da sociedade civil, governos e terceiro setor, o evento transcorre pela terceira vez no Rio de Janeiro. Nesta edição, o tema “How now: como a inovação em sustentabilidade está transformando os negócios agora” reforça uma visão aberta e crítica sobre tendências que, em maior escala, poderão liderar a mudança positiva nos modelos de atuação das empresas.

As plenárias do dia abordaram a reorientação dos negócios e a inovação em sustentabilidade, reunindo organizações como Instituto Capitalismo Consciente, Sistema B e Forum for the Future, além de empresas como Coca-Cola, L´Oreal, Geekie e Reserva e organismos como a Apex Brasil – que é, também, apresentadora da conferência.

Nas falas dos palestrantes, destaque para a preocupação com a necessidade de promover maior conexão entre as empresas e suas marcas e um propósito de contribuir positivamente – e não apenas reduzir impactos negativos – com o desenvolvimento econômico, social e ambiental. “Marcas de diferentes portes e segmentos estão liderando o caminho para a transformação dos negócios – e precisamos estar atentos a como cada um pode desenvolver esse papel e ampliar nosso propósito”, afirmou KoAnn Srzyniarz, CEO da Sustainable Life Media.

Os debates do dia

Durante a manhã, dois workshops liderados por organizações internacionais – SustainAbility e GlobeScan – apresentaram estudos e trabalhos sobre o impacto positivo da transparência no desempenho das empresas. Já o Instituto Capitalismo Consciente Brasil e a Spark Impact Innovation coordenaram os workshops da tarde, com ênfase na transição para a nova economia e na visão de impacto social integrado.

No Activation Hub – espaço de diálogo e compartilhamento de projetos focados nos temas da inovação e da sustentabilidade –, destacaram-se os debates abertos com o público sobre responsabilidade socioambiental no universo da moda, desenvolvimento de comunidades fornecedoras, confiança dos consumidores e engajamento sobre mudanças climáticas. Além disso, o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) lançou os Guias de Sustentabilidade para Empresas, focados nos temas de Marketing e Inovação.

O que vem por aí

Os próximos dias prometem um mergulho detalhado em cases, boas práticas, projetos e debates sobre assuntos que se conectam ao propósito da SB Rio – agregar empresas interessadas em transformar os negócios. Serão mais quatro workshops, um painel de discussão sobre a crise hídrica, sessões de perguntas e respostas, três rodadas do Activation Hub e mais três plenárias, com os temas “Como redesenhar a produção e os mercados”, “Como as marcas podem engajar as pessoas” e “Como conectar com as necessidades da sociedade”.

Confira a programação completa da SB Rio, que acontece na capital carioca até 27 de agosto, aqui. A edição 2015 é realizada pela Report Sustentabilidade, em parceria com a Sustainable Life Media e com apresentação da Apex-Brasil.

 
 
 
 
20 de Agosto de 2015

Report: notícias

SB Rio 2015: contagem regressiva

Na semana que vem, especialistas, líderes e representantes de empresas se reunirão na capital fluminense para mais uma conferência da rede internacional Sustainable Brands – a SB Rio 2015. O evento, que acontece de 25 a 27 de agosto no Windsor Barra, na Barra da Tijuca, é promovido pela Report Sustentabilidade em parceria com a Sustainable Life Media e a Apex-Brasil e chega à terceira edição no Brasil com várias novidades, incluindo versão pocket, discussões com participação do público e de empresas, rodadas de negócios e sessões de perguntas e respostas. Mais informações e inscrições (com desconto para grupos) em www.sbrio15.com.br.

A partir do tema central “HOW NOW: Como a inovação em sustentabilidade gera escala na transformação dos negócios agora”, a edição 2015 renova os debates sobre sustentabilidade e inovação no mundo corporativo, com uma programação que reúne grandes empresas e organizações de referência. São cerca de 90 palestrantes, distribuídos entre cinco sessões plenárias com blocos temáticos, workshops com organizações globais e o Activation Hub – espaço de troca de experiências e cocriação, com participação do público e de líderes empresariais.

Na programação, também se destacam os Grandes Desafios, debates sobre temas como crise hídrica e métricas de mensuração de impacto dos negócios; o SB Millenials Lab, iniciativa para jovens estudantes e empreendedores; a competição de startups SB Innovation Open; e a Rodada de Negócios da Apex-Brasil, que se estenderá até depois do evento (28/8).

Outra novidade importante do ano é o Pocket SB, que será organizado em São Paulo, como parte da programação da Virada Sustentável. A ideia é integrar dois importantes eventos para discussão do assunto e trazer à capital paulista uma síntese dos debates que transcorrerão no Rio. Para apresentar projetos próprios e de parceiros que exemplificam a transformação das empresas, também haverá o Espaço Report Sustentabilidade, com apresentações sobre temas como mindfulness e mobilidade.

Comprometida com o debate sobre o papel transformador das marcas nos campos da sustentabilidade e da inovação, a plataforma Sustainable Brands mantém presença em diversos polos globais, com eventos em cidades como Barcelona, Buenos Aires, Londres e San Diego. A primeira edição do SB Rio foi realizada em 2013; desde então, os formatos, desdobramentos e proporções do encontro têm se expandido. Em 2015, a expectativa é reunir cerca de 500 pessoas, entre especialistas, executivos e representantes de empresas.

+ Acesse a programação completa do SB Rio 2015 aqui.
 
+ Faça sua inscrição aqui.
 
 
 
 
12 de Agosto de 2015

Report: notícias

pocket sb traz debates da conferência para a virada sustentável

O eixo Rio-São Paulo viverá dias dedicados aos temas inovação e sustentabilidade ao fim deste mês de agosto. Enquanto a capital fluminense recebe, de 25 a 27/8, a conferência internacional Sustainable Brands Rio 2015, promovida pela Report em parceria com a Sustainable Life Media, em São Paulo o destaque é para a Virada Sustentável – que transcorre de 26 a 30 de agosto de 2015.

                    

​A conexão​ entre os eventos acontece na capital paulista ​dia ​28/8, ​durante o​ Pocket Sustainable Brands, ​parte da Virada. O ​evento será na sede da​ patrocinadora​ Dow Brasil (av. das Nações Unidas, 14.171), das 9h às 13h, e contará com a participação de diversos palestrantes do SB Rio.

Entre as presenças confirmadas estão Júlio Natalense, Gerente de Tecnologia e Sustentabilidade para Operações Olímpicas da Dow para o Rio 2016; Koann Skryniarz, fundadora do Sustainable Brands; Tânia Braga, gerente-geral de Sustentabilidade, Acessibilidade e Legado do Comitê Rio 2016; e Alvaro Almeida, sócio-diretor da Report.

Reunindo líderes de empresas interessadas em transformar os negócios a partir da inovação para a sustentabilidade, o SB Rio 2015 deve reunir cerca de 600 pessoas nesta nova edição, tendo como tema central “How Now: Como a inovação em sustentabilidade gera escala na transformação dos negócios agora”. Em 2014, foram 150 empresas e organizações participantes, em um total de 500 pessoas. Entre os palestrantes está André Palhano, idealizador e organizador da Virada Sustentável (confira a lista completa aqui).

Com o Pocket SB, a ideia é aproximar a Virada Sustentável da plataforma Sustainable Brands, inserindo, na programação da capital paulista, parte dos debates que permearão os três dias de SB Rio 2015. 

+ Para mais informações sobre o Pocket SB, clique aqui.

+ Conheça a programação da Virada Sustentável aqui.

 
 
 
 
6 de Agosto de 2015

Report: notícias

IstoÉ Empresas + Conscientes: inscrições abertas até 14/8

Mais uma vez, a Editora Três e a Report Sustentabilidade se unem para buscar exemplos de empresas capazes de aliar crescimento econômico ao desenvolvimento sustentável. Na edição 2015, o Prêmio IstoÉ Empresas+Conscientes reconhecerá startups e companhias de pequeno, médio e grande porte alinhadas ao capitalismo consciente. As inscrições foram prorrogadas e podem ser feitas até 14/8 (clique aqui).

Realizado pelas revistas IstoÉ e Planeta, da Editora Três, junto com a Report, o prêmio abrange empresas de todos os portes, em diferentes categorias: pequenas (empresas com até R$ 16 milhões de receita operacional bruta); médias (até R$ 300 milhões); e grandes (acima de R$ 300 milhões). Outra novidade do ano é a inclusão de uma categoria de startups – empresas em estágio inicial de consolidação, com até um ano de operação ou que irão iniciá-las em até três meses, cujo faturamento em 2014 seja inferior a R$ 6 milhões.

As companhias candidatas serão avaliadas segundo a metodologia B, que analisa e certifica empresas promotoras de impactos positivos (leia mais sobre o sistema B aqui). Em 2015, será utilizado o método Quick Impact Assessment, questionário mais enxuto que facilitará o acesso dos candidatos. No caso de grandes empresas, também haverá pontuação extra de acordo com suas práticas de transparência e divulgação de resultados nos relatórios de sustentabilidade – análise a ser feita pela Report.

Serão distribuídos 20 prêmios para os participantes, incluindo melhor pontuação geral; melhor pontuação por porte; melhores empresas por dimensão (governança, modelo de negócios, relacionamento com funcionários, relacionamento com a comunidade e meio ambiente); e melhores empresas por porte (pequena, média e grande).

O Prêmio IstoÉ Empresas+Conscientes também conta com o apoio de diversas organizações, como Instituto Ayrton Senna, Instituto Akatu, Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Instituto Capitalismo Consciente Brasil e Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade (Abraps).

+ Inscrições e mais informações: http://empresasmaisconscientes.com.br

+ Para tirar dúvidas: [email protected]

 
 
 
 
4 de Agosto de 2015

Report: notícias

Mindfulness: oportunidades no segundo semestre

Alivia o stress, estimula a concentração e a criatividade, colabora na melhoria da qualidade de vida e no desenvolvimento da inteligência emocional. Por meio de técnicas simples, o mindfulness pode ajudar você a viver em paz consigo mesmo e com a realidade à sua volta – seja no trabalho, em casa ou no dia a dia.

Com o objetivo de ajudar cada vez mais pessoas a reencontrar a felicidade plena, a Report Sustentabilidade, em parceria com a Assertiva Mindfulness, oferece duas oportunidades a todos os clientes, parceiros, fornecedores e interessados no tema que desejam realizar esse tipo de treinamento mental, que utiliza um conjunto de técnicas de meditação e desenvolvimento pessoal.

As inscrições já estão abertas, confira:

Palestra: Introdução à meditação da atenção plena

Data: 18/08, às 20h.

Inscrições até 11/08, com: [email protected]

Curso em 8 semanas: "Sorria, você está sendo"

Data de início: 15/09

Inscrições com desconto até 31/08 pelo site: http://goo.gl/forms/niSTmBG78r

+ Dúvidas? [email protected]

+ Quer saber mais? Assista aqui à palestra sobre mindfulness (Instituto de Biociências da Unesp-Botucatu, 19/3)
 
 
 
 
 
8 de Julho de 2015

Report: notícias

oficina em SP discute gestão da mobilidade corporativa

 

Foi realizada, na última terça-feira (07), em São Paulo, a Oficina de Mobilidade Corporativa, que reuniu representantes de empresas como Alcoa, Bikedoor Sorocaba, LHC Produções, Allianz Seguros, TAM e Aché. O encontro, realizado pela report, promoveu discussões em torno das estratégias que as empresas vêm adotando em busca de uma mobilidade mais sustentável.

A primeira apresentação do dia ficou sob responsabilidade de Claudia Ramirez, graduada em Engenharia Civil pela University College London e parte da equipe técnica da Steer Davies Gleave (SDG), que trouxe dados de pesquisas e principais iniciativas relacionadas à Mobilidade Corporativa.

Segundo ela, estudos revelam que, no Brasil cerca de 7,4 milhões de pessoas se deslocam entre municípios para ir ao trabalho. Só a cidade de São Paulo recebe 1,7 milhão de trabalhadores vindos de outras cidades todos os dias, principalmente de Guarulhos e Osasco.

Outro dado que despertou a atenção do público presente está relacionado ao tempo perdido durante o ano no trânsito. “Em média, as pessoas de todo o mundo gastam entre 1h50 e 3h por dia no trânsito. Ou seja, perdem entre 16 e 32 dias por ano, praticamente um mês de férias inteiro”, afirmou.

Além de cases, a engenheira ainda apresentou maneiras de como incentivar e implementar pequenas ações dentro das empresas que podem ajudar a melhorar o problema vivido em grandes centros urbanos. Com os dados e as ferramentas apresentados, criou-se um debate sobre as iniciativas empresariais que já vem sendo adotadas e sobre os maiores problemas enfrentados pelas companhias que buscam contribuir para a redução de impactos socioambientais e trazer alternativas para a melhoria na qualidade de vida dos colaboradores.

Em seguida, Maurício Born, consultor parceiro da report na iniciativa de mobilidade corporativa, falou sobre a metodologia que busca aprimorar a gestão da mobilidade corporativa. Além disso, ele apresentou o programa-piloto realizado para a Serasa Experian, em conjunto com a Report Sustentabilidade. Durante o projeto, foram mapeados os métodos de deslocamento e as distâncias percorridas pelos funcionários; políticas e práticas internas que tenham relação com a mobilidade, entre outros. 

A ideia era buscar meios para a otimização dos deslocamentos da equipe. Ao final do processo, foi gerado um documento com um conjunto de recomendações personalizadas para a empresa, baseado nos dados da pesquisa. 

Entenda mais sobre o plano de mobilidade corporativa da Serasa Experian clicando aqui. 

+ Quer saber como a mobilidade pode ser trabalhada em sua empresa? Entre em contato conosco pelo email [email protected].

 
 
 
 
2 de Julho de 2015

Report: notícias

relatório no ar: votorantim siderurgia

A VS acaba de divulgar seu Relatório de Sustentabilidade (ano-base 2014). O documento reúne os principais dados sobre o desempenho financeiro e socioambiental da empresa e é mais um exemplo de seu compromisso de transparência com as partes interessadas.

A grande novidade é que este ano o Relatório passa a ser mais completo – até o ano anterior, era divulgada apenas uma versão resumida com o recorte das informações da VS contidas no Relatório do Grupo Votorantim. Agora, a empresa apresenta um documento ainda mais detalhado, que traz dados das operações tanto no Brasil como na Argentina e na Colômbia.

A publicação segue as diretrizes da GRI (Global Reporting Initiative) – versão G4, padrão internacionalmente adotado para a divulgação de relatórios de sustentabilidade. O documento é resultado do envolvimento de mais de 100 profissionais de diferentes áreas da VS. A liderança também participou ativamente, por meio de entrevistas na etapa de elaboração do conteúdo e na fase de validação final.

Faça o download da publicação aqui.

Fonte: www.vsiderurgia.com.br

 
 
 
 
24 de Junho de 2015

Report: notícias

Consumidor: fórum debate comportamento e estratégia de influências

Quais tendências devem seguir empresas que buscam a inovação para entender o comportamento dos consumidores? E quais são boas estratégia para influenciá-lo no momento da decisão?

Não há uma única resposta, mas diversos insights e cases que ilustram tal situação estiveram em destaque no Fórum Novas Fronteiras, realizado em maio, em São Paulo, com organização da consultoria Eight Sustainability.

Os debates, que envolveram temas instigantes como a "irracionalidade comportamental" do consumidor, abordaram possibilidades que novas plataformas de interação, online ou offline têm de pesar a balança de uma decisão de compra. Também pautaram as conversas os métodos utilizados para buscar a compreensão sobre o consumidor - entre eles neurociência do consumidor e economia comportamental -, além de plataformas de interação e coleta e análise de dados comportamentais.

O Fórum Novas Fronteiras contou com 16 palestras - comandadas por especialistas nacionais e internacionais - e três workshops exclusivos sobre economia comportamental, comandados por palestrantes internacionais: Alex Batchelor, CEO da Brainjuicer;  sobre como aplicar os insights e direcionar o crescimento dos negócios; Thomas Kolster, autor do livro "Goodvertising", que trata de um novo movimento em publicidade focado em reparar relacionamentos desgastados com os consumidores; e Mariana Nicolau, sobre como criar verdadeiro valor sustentável por meio de modelos de negócios inovadores.

novo movimento em publicidade. Este novo paradigma engloba marcas e agências que se atrevem a procurar um novo jeito de irmos adiante, de uma forma mais significativa. É hora de reparar o relacionamento desgastado com os consumidores. - See more at: http://projetodraft.com/goodvertising-pare-de-anunciar-para-as-pessoas-e...

Os cases apresentados mostraram diferentes estratégias, alimentadas por tendências como o consumidor co-criador, hiper-conectividade multiplataforma, economia compartilhada, consumo e estilos de vida sustentáveis, entre outros.

ESTUDO

A Eight Sustainabilty produziu e lançou, há cerca de um ano, um dos estudos que procura desenhar um cenário comportamental do consumidor: o Consumer Behavior Change Framework, disponível aqui para download.

 
 
 
 

Pages

Subscribe to Blog